Instituto Superior Técnico

Núcleo de Apoio ao Estudante

Procedimentos Académicos

Matrículas

O teu primeiro passo, quando és colocado no Técnico por um dos concursos de acesso, é matriculares-te. Caso contrário perderás a tua vaga. Para saberes mais sobre como realizar a tua matrícula consulta as páginas:

NOVOS ALUNOSBEM-VINDO AO TÉCNICO
Equivalências

Depois de matriculares, caso já tenhas frequentado um curso de Ensino Superior, poderás fazer um Pedido de Obtenção de Equivalências das Unidades Curriculares concluídas. Para tal, deverás submeter os documentos necessários junto da Área de Graduação, liquidando a taxa de emolumentos requerida.

ÁREA DE GRADUAÇÃO (Equivalências)
Matrícula em abandono e Reingresso

Caso não te inscrevas durante dois semestres consecutivos em Unidades Curriculares, a tua matrícula é automaticamente colocada em abandono, sendo necessário submeter o Pedido de Reingresso junto da Área de Graduação quando pretenderes retomar o curso.

ÁREA DE GRADUAÇÃO (Reingresso)

Nota: Este processo é muitas vezes confundido com um “congelamento de matrícula”, processo que não existe no Técnico.

Inscrições

No início de cada semestre (excepto no caso dos alunos de 1º Ciclo, 1º Ano, 1ª Vez), é necessário inscreveres-te nas disciplinas desse semestre, bem como nas turmas e turnos de cada aula, no sistema Fénix.

Poderás consultar os períodos de inscrição no Calendário de Prazos Académicos.

Unidades Curriculares de Opção

Em anos mais avançados dos ciclos de estudo, tens a possibilidade de escolher algumas Unidades Curriculares, seja de entre uma lista de opções definida pela Coordenação do teu curso ou uma disciplina de qualquer curso do Técnico ou da ULisboa, caso o plano curricular do teu curso o permita (Opção Livre). A inscrição neste tipo de UC carece de autorização prévia da Coordenação de Curso.

O processo de inscrição nestas UC varia de curso para curso, podendo ser realizada no Fénix ou junto do secretariado que apoia a Coordenação do teu curso.

Dissertação

A última Unidade Curricular do Mestrado é Dissertação que pode ser desenvolvida no Técnico ou no exterior. Existe um conjunto de temas, na tua área, aos quais te poderás candidatar no Fénix (Estudante -> Candidatura a Dissertação) meses antes do início da tua tese, mas caso pretendas propor o teu próprio tema, deverás contactar um professor da área para que te oriente.

Antes de iniciares a tua tese, deverás inscrever-te na UC Dissertação, tal como te inscreves todos os semestres nas restantes disciplinas, no Fénix.

Existem normas específicas definidas por cada Coordenação de Curso que prevêem o número mínimo de ECTS aprovados e necessários para a inscrição na Dissertação e qual o número máximo de ECTS de outras UC em que um aluno poderá estar inscrito em acumulação.

Melhoria de Nota

Caso pretendas melhorar a classificação de uma disciplina, tens uma oportunidade para o efeito no prazo de dois semestres letivos após aquele em que obtiveste aprovação ou equivalência.

Para te inscreveres, deverás submeter o requerimento para o efeito junto da Área de Graduação, liquidando a taxa de emolumento (10€ por UC). Poderás consultar os períodos de inscrição no Calendário de Prazos Académicos.

ÁREA DE GRADUAÇÃO (Melhoria de Nota)
Época Especial

A existência de uma época especial tem como finalidade principal permitir que os alunos finalistas, a quem falta um número limitado de unidades curriculares, possam concluir o seu curso.

  • Cada aluno apenas se poderá inscrever para exame a um conjunto de unidades curriculares que não exceda 15 ECTS.
  • Só poderás ter acesso a exames em Época Especial a Unidades Curriculares em que estás regularmente inscrito neste ano letivo.
  • A inscrição no Fénix no período definido no Calendário de Prazos Académicos.

Além dos estudantes finalistas, também outros grupos de alunos têm acesso à Época Especial. Consulta-os em:

REGULAMENTO DA ÉPOCA ESPECIAL DE EXAMES

Propinas

Sempre que te inscreves em Unidades Curriculares é gerada a propina correspondente, de acordo com o teu ciclo de estudos e o regime de propina em que te encontras.

Regime Integral

Por omissão, os estudantes do Técnico são colocados em regime integral de propina, ou seja, correspondente ao ano letivo todo. Poderás consultar os valores fixados para cada curso no Guia Académico.

TABELA DE PROPINAS
Regime Parcial

Neste regime, o aluno não paga a propina integral, podendo inscrever-se em Unidades Curriculares cujo somatório de ECTS anual não ultrapasse e 50% do número máximo de ECTS a que é permitida a inscrição em regime de tempo integral. Assim é permitida a inscrição a um total de 42 ECTS/ano.

Para mudar para este regime, terás de submeter o requerimento para o efeito junto da Área de Graduação, sendo a fórmula de cálculo da propina:

Propina = 0,4 x P x (1 + IECTS/60)

  • P– valor da propina anual do curso em que o estudante se inscreve
  • IECTS– O somatório do número de ECTS das unidades curriculares a que o estudante se inscreve, que está limitado a 42ECTS
ÁREA DE GRADUAÇÃO (Regime Parcial)
Pagamento

Além da propina, é necessário também pagar o seguro escolar e a taxa de secretaria, estes no início de cada ano letivo. O pagamento pode ser efetuado das seguintes formas:

  • Transferência Bancária, usando as referências indicadas no Fénix (Pessoal -> Dividas e Pagamentos);
  • Multibanco (com cartão), no balcão de atendimento da Área de Graduação,
  • Numerário, junto da tesouraria com uma guia de pagamento emitida primeiro pela Área de Graduação.
ÁREA DE GRADUAÇÃO (Propinas)

Conclusão de Curso

Quando terminas um ciclo de estudos e todas as tuas notas são lançadas em pauta junto da Área de Graduação (poderás consultar os prazos de lançamento de notas de cada semestre no Calendário de Prazos Académicos), poderás pedir o apuramento do teu curso, bem como documentos que o comprovam.

Certidão de Registo

A Certidão de Registo comprova o grau académico que concluíste na Universidade de Lisboa e será o primeiro documento que terás de solicitar junto da Área de Graduação, liquidando o emolumento correspondente.

Este documento é emitido pela Reitoria da ULisboa, sendo que a 1ª via poderá demorar alguns meses, podendo ser requerido em português e em inglês.

É acompanhado pelo Suplemento ao Diploma que regista as atividades extra-curriculares reconhecidas pelo Técnico nas quais participaste durante o período correspondente ao teu ciclo de estudos. Poderás registar até 5 atividades, sendo que caso tenhas desempenhado a mesma tarefa ao longo de vários anos/mandatos/edições, não terás de indicar 1 por cada ano/mandato/edição. (Exemplo: Fui Delegado de Ano no meu 1º, 2 e 3º Anos. Este aluno poderá simplesmente indicar: Delegado de Ano nos anos letivos X, Y e Z.). Consulta as atividades reconhecidas no Suplemento ao Diploma em:

SUPLEMENTO AO DIPLOMA
Certidão de Fim de Curso

As Certidões de Fim de Curso são emitidas pelo Técnico e poderão ter a média ou notas de todas as UC que frequentaste discriminadas. É também requerido junto da Área de Graduação com o Requerimento de Registo de Grau.

Seguro Escolar

Todos os alunos inscritos e matriculados num curso do Técnico estão abrangidos pelo seguro escolar, que é extensível aos alunos em programas em mobilidade, desde que tenham o pagamento em dia.

Ativar o Seguro

  • Apresentar o formulário de Participação de Sinistro por Acidentes Pessoais junto da seguradora, depois de validado pelo Técnico na Área de Graduação.
  • Este documento deverá ser acompanhado por um atestado médico que poderá ser no modelo indicado na segunda página do próprio documento ou um atestado que tenham passado na unidade de cuidados de saúde a que o aluno se dirigiu.
ÁREA DE GRADUAÇÃO (Seguro Escolar)