Instituto Superior Técnico

Núcleo de Apoio ao Estudante

Bolsas

Além das Bolsas de Ação Social para o Ensino Superior, existem diversos outros programas de bolsas de estudo:  Bolsas de Mérito, destinadas a reconhecer e premiar estudantes com elevado rendimento académico, e também Bolsas de Apoio destinadas a estudantes com comprovadas carências financeiras e que, simultaneamente, tenham um reconhecido mérito académico.

De seguida, apresentamos uma listagem com algumas bolsas de estudo existentes:

Bolsas de Mérito Académico

Instituto Superior Técnico

No final de cada ano letivo, são apurados os melhores alunos inscritos nos cursos de 1º ciclo, 2º ciclo e ciclo integrado e elaborado o Quadro de Mérito. Além disso, aos alunos com as melhores classificações, são ainda atribuído os Diplomas e Bolsas de Mérito Académico.

As bolsas de mérito do Técnico são atribuídas apenas aos melhores alunos de cada curso, no final de cada ano letivo, não sendo atribuídas bolsas de mérito aos novos alunos do 1º ano, logo no início do ano letivo. Não são considerados os rendimentos dos estudantes na atribuição das bolsas de mérito.

Universidade de Lisboa

As Bolsas de Estudo por Mérito são atribuídas aos estudantes do ensino superior da Universidade de Lisboa com um desempenho académico excecional, independentemente dos seus rendimentos. Estas bolsas são atribuídas de acordo com o Regulamento de Atribuição de Bolsas de Estudo por Mérito a Estudantes de Instituições de Ensino Superior (Despacho n.º 13531/2009, de 9 de junho).

O valor da bolsa é definido anualmente pelo Estado, correspondendo a cinco vezes o salário mínimo nacional em vigor no início do ano letivo em que é atribuída. O número de bolsas é calculado tendo em conta o número de alunos inscritos em cursos de 1º ciclo e no 1º ano de cursos de 2º ciclo (Licenciaturas, Mestrados e Mestrados Integrados), em cada ano letivo.

Caixa Geral de Depósitos (CGD)

No âmbito de um protocolo entre o Instituto Superior Técnico e a Caixa Geral de Depósitos, são atribuídos anualmente os Prémios Caixa Geral de Depósitos. Estes prémios visam reconhecer o mérito académico dos graduados, em cada ano letivo, destinando-se aos melhores Licenciados em cada curso de 1º ciclo e os melhores Mestres em cada curso de Mestrado Integrado.

O valor do prémio corresponde ao valor anual da propina dos cursos de 1º ciclo e ciclo integrado, no início do ano letivo.

Bolsas de Ação Social (SAS-ULisboa)

A candidatura a estas bolsas é gerida diretamente pela DGES (na fase de candidatura) e pelos Serviços de Ação Social da Universidade de Lisboa, pelo que deverás agora consultar as informações disponibilizadas nas respetivas páginas oficiais.

Para o ano letivo 2016/2017, os prazos podem ser consultados aqui.

Bolsas de Apoio à Continuação de Estudos

Tendo em conta a situação económica de Portugal e as carências socioeconómicas que afetam muitos estudantes, o Instituto Superior Técnico também tem procurado estabelecer diversas parceiras com vista à criação de Programas de Bolsas de Estudo. Assim, todos os anos são atribuídas várias bolsas de Apoio à Continuação de Estudos, que visam custear as despesas de frequência de um curso no ensino superior (despesas escolares, alojamento e despesas gerais).

Fundo Solidário AAA: dos Antigos para os Atuais Alunos

A Associação dos Antigos Alunos do Instituto Superior Técnico (AAAIST), na prossecução dos seus objetivos estatutários de ligação à Escola e da atribuição de bolsas, constituiu o Fundo Solidário da AAAIST.

Este fundo permite a atribuição de  processo de bolsas de apoio para a continuição dos estudos, no valor da propina anual; em contrapartida, o aluno beneficiário prestará serviço de interesse do Técnico, num total de 120 horas. Esse serviço poderá incluir, nomeadamente, o apoio a eventos institucionais e ações de divulgação do Tecnico.

Programa de Bolsas de Estudo HOVIONE Solidária na Educação

No âmbito de um protocolo assinado entre o Instituto Superior Técnico e a Hovione FarmaCiencia SA, foi criado o Programa de Bolsas de Estudo “HOVIONE Solidária na Educação”.

Em cada ano letivo, é atribuída bolsas de estudo para estudantes do Mestrado Integrado em Engenharia do Ambiente,  Mestrado Integrado em Engenharia Química e/ou Mestrado Integrado em Engenharia Biológica, com reconhecido mérito académico e, simultaneamente, carências financeiras para a continuação dos estudos.

Programa de Bolsas de Estudo E.A.S.S.

Por iniciativa de Elísio Alexandre Soares dos Santos e os seus descendentes, foi assinado um protocolo com o Instituto Superior Técnico com vista à criação do Programa de Bolsas de Estudo E.A.S.S.

Estas bolsas destinam-se a apoiar alunos com elevado potencial académico, que, por carência socioeconómica, não disponham de meios para custear todas as despesas inerentes ao seu curso (Licenciatura ou Mestrado Integrado). Este programa prevê o pagamento das despesas escolares, do alojamento e ainda um valor mensal para despesas gerais.

Programa de Bolsas de Estudo ENGº AUGUSTO RAMALHO-ROSA

No âmbito de um protocolo assinado entre o Instituto Superior Técnico e a VÊTEJO – Sociedade Imobiliária de Aquisições Patrimoniais, S.A., foi criado o Programa de Bolsas de Estudo “Engº Augusto Ramalho-Rosa”.

Em cada ano letivo, é atribuída bolsas de estudo para estudantes inscritos num dos três primeiros anos do Mestrado Integrado em Engenharia Civil, com desempenho académico relevante e, simultaneamente, carências financeiras para a continuação dos estudos.

Voltar ao topo ↑

Programa de Bolsas de Estudo “Xpand IT, Missão Aproximar – Educação”

No âmbito de um protocolo assinado entre o Instituto Superior Técnico e a Xpand Solutions, Informática e Novas Tecnologias, foi criado o Programa de Bolsas de Estudo “Xpand IT, Missão Aproximar – Educação”.

Em cada ano letivo, é atribuída uma bolsa de estudo a um estudante do 1º ciclo de LEIC-A ou LEIC-T, com desempenho académico relevante e, simultaneamente, carências financeiras para a continuação dos estudos.

Outras Bolsas de Estudo

Associação Duarte Tarré

A Associação Duarte Tarré (ADT) atribui anualmente apoios a jovens estudantes com bom desempenho e com dificuldades económicas. As candidaturas podem ser submetidas entre 15 de setembro e 15 de outubro, na página oficial.